A cultura organizacional é definida como um conjunto de normas, hábitos e valores compartilhados pelas pessoas que colaboram em uma empresa, que criam um sentimento de pertencimento à organização, além de favorecer a integração entre os indivíduos.

Este conjunto de características permite descrever a empresa, a sua experiência, crenças, valores e psicologia interna, criando uma identidade própria com a qual os colaboradores se podem identificar e, assim, trabalhar num ambiente mais harmonioso.

A criação de uma cultura organizacional adequada é de extrema importância, desde que aplicada corretamente, definirá as estratégias, estruturas e sistemas da empresa, gerando comportamentos positivos, tanto individuais quanto coletivos, e refletidos diretamente nos resultados dos trabalhos obtidos.

Os principais benefícios de ter uma cultura organizacional

Você cria sua própria identidade para a empresa, o que permitirá aos colaboradores trabalharem em uma estratégia alinhada aos valores da organização, fortalecendo a integração e o sentimento de pertencimento.

Vão aumentar os níveis de produtividade dos colaboradores, pois ao operar num ambiente em que se sintam confortáveis ​​permitirá que se concentrem totalmente nas tarefas que devem realizar.

A empresa vai projetar uma boa imagem, tanto dentro como fora dela. Isso permitirá que sua marca seja reconhecida e comentada de maneira positiva.

Ao promover o sentimento de pertencimento, você reduz a rotatividade de empregos, pois os funcionários que compartilham os valores da empresa serão mais leais a você. Isso permitirá que você evite a substituição de colaboradores e economize nas despesas que isso representa.

Por ter uma boa reputação, mais profissionais terão interesse em colaborar com sua empresa. Para sua organização, o processo de atração de talentos será muito mais fácil.

Lembre-se que a cultura organizacional é a carta de apresentação da sua empresa, que descreve a personalidade da mesma, além de colaborar na integração, produtividade e obtenção de bons resultados.

Definir os valores, normas e objetivos da empresa e alinhar o trabalho a eles não só o ajudará a manter um bom ambiente interno, mas também a gerar uma reputação positiva que permitirá que a organização se posicione e atraia mais clientes, fornecedores e talentos.

Como Criar uma Cultura de Comunicação na Empresa

Já vimos tudo que compõe a cultura organizacional e o quanto a comunicação é importante para sua consolidação, mas e se quisermos construir uma cultura de comunicação?

Muitas empresas não têm a comunicação acontecendo estrategicamente, sofrem com a rádio corredor e utilizam canais que são totalmente ignorados pelos colaboradores.

Mas por que isso acontece? Quais são as ações necessárias para inverter essa situação e construir uma comunicação eficaz e que acompanhe o mundo que estamos criando?

Vemos a tecnologia avançando em uma velocidade incrível, assim como a indústria e aspectos ligados ao nosso desenvolvimento pessoal.

Nós estamos nos desenvolvendo rapidamente. Já se fala em líder 4.0, inteligência artificial, realidade virtual e futurismo, mas por que a comunicação interna não consegue acompanhar essa evolução?

Talvez seja o momento de parar e pensar como todas essas inovações que estão surgindo vão impactar o nosso trabalho e relacionamento interpessoal e entender que a comunicação interna precisa acompanhar essa evolução.

A evolução está totalmente relacionada à forma que nos comunicamos e se prestarmos atenção são exatamente essas as mudanças que mais impactam em nosso dia a dia, os meios de comunicação que utilizamos.

Também surgiram as startups e as empresas unicórnio, inovadoras, colaborativas e escaláveis, e as empresas que não se enquadram nesse contexto se questionam como podem se renovar e acompanhar a evolução sem mudar sua essência.

Concluímos que uma cultura de comunicação é o ponto inicial para essa renovação acontecer em uma organização e essa cultura está embasada em confiança, feedback, engajamento e reconhecimento. Todos os hábitos e mudanças começam com a comunicação e se uma organização não possui a comunicação como cultura, dificilmente estará pronta para inovar e se transformar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Name *