Você alguma vez já pensou que a digitalização e a sustentabilidade podem estar inteiramente conectadas? O uso das tecnologias e dados digitais estão crescendo cada vez mais, alcançando níveis surpreendentes nos últimos tempos e transformando drasticamente as vidas das pessoas, não havendo indícios de que haja um declínio dessa tendência tão cedo. 

E quando falamos sobre sustentabilidade, não estamos nos referindo apenas à reciclagem, economia de água e energia, e coleta seletiva. O conceito desta palavra em questão é muito maior e mais abrangente, englobando tudo que possa agir em benefício da natureza, garantindo sua preservação, suprindo as necessidades das gerações atuais, porém sem comprometer as que virão futuramente.

Sabendo disso, não podemos negar que até pouco tempo atrás, o desenvolvimento tecnológico e industrial parecia estar mais contra a sustentabilidade e a conservação ambiental do que realmente a favor. Contudo, devido aos avanços nesta área, a tecnologia ecossistêmica vem para demonstrar que é possível se desenvolver tecnologicamente e não trazer tantos danos ao meio ambiente em que fazemos parte.

Um grande exemplo disso é a implementação da digitalização em gestões empresariais, que proporcionam uma gama de privilégios para os colaboradores responsáveis por fazer o desenvolvimento do negócio fluir, sem prejudicar nosso ecossistema com desperdício de papel e outros recursos necessários para o mundo.

A relação entre sustentabilidade e as empresas

Mas antes de abordarmos a função da digitalização e o seu impacto, precisamos entender a influência da sustentabilidade em relação às empresas. Sendo assim, quando uma empresa é sustentável, ela se comunica e age de maneira justa e coerente com a sociedade. E, sendo então, um ato de dar e receber, um planeta com mais sustentabilidade torna-se mais harmônico e, consequentemente também traz uma série de vantagens para o mundo e para as próprias empresas, como um maior envolvimento e produtividade da equipe, maior atratividade no mercado de trabalho, impacto positivo da imagem perante a sociedade, redução de gastos e lucratividade.

Além do fato que gostaríamos de expor: A sustentabilidade promove uma maior economia de energia, de papel e entre outros recursos. Sendo possível fazer a comprovação com base em um estudo realizado, no qual expressa que de acordo com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a eliminação do papel por intermédio da tecnologia pode ajudar a evitar o desperdício de 46 milhões de quilos de papel por ano no Brasil, no qual equivale a 1,5 milhão de litros cúbicos de água.

E com a advinda da internet e das mais variadas plataformas digitais, processos jurídicos e organizacionais vem sendo facilitados, promovendo uma maior agilidade ao restringir os costumes democráticos. De tal modo que será ganho uma maior segurança e economia para as corporações se este cenário continuar sendo incorporado conforme o tempo, dispensando integralmente o uso do papel.

Para não restar dúvidas, confira os motivos para as empresas não adotarem o uso frequente do papel

O mundo vem mudando e o mercado de trabalho também, por meio de softwares e recursos inteligentes a mecanização de metodologias não ficará apenas na ilusão, mas sim, se transformando em realidade e se desenvolvendo cada vez mais e suprindo as expectativas no âmbito empresarial. E, para aquelas empresas que procurarem por novas técnicas e recorrerem a essa automação, vários proveitos serão garantidos, como entre eles:

  • Redução de despesas: com a disponibilização de recursos automáticos, uma demanda maior poderá ser atendida, contudo, sem mais gastos no final do mês.

 

  • Aumento da capacidade: as atividades realizadas por nós podem sim apresentar uma excelência em nível de qualidade, mas querendo ou não, erros podem acontecer e não ser notados no devido tempo, sendo assim, com as máquinas a precisão torna-se maior, oferecendo ótimos resultados.

 

  • Aumento na produtividade: o desempenho aumenta-se e é otimizado, já que consequentemente, se feitos os reparos e manutenções corretas, os equipamentos eletrônicos não se cansam e não interrompem os processos.

 

  • Mercado de trabalho competitivo: quando uma empresa analisa o cenário atual do mundo e percebe os novos métodos ao seu redor, procurando saber mais e implementar novas tecnologias em suas empresas, isso acaba permitindo que haja um diferencial, destacando-se da concorrência e assim, gerando melhores resultados ao seu desenvolvimento com base no que seus clientes precisam e oferecendo isto da melhor forma.

 

  • Sustentabilidade: como até então mencionado, a automação de processos contribui para gestões mais eficientes e responsáveis, mas não somente atuam para sua própria melhoria, porém também pela otimização do seu impacto na sociedade.

Como o planeta já foi danificado em razão da tecnologia

Como tudo não são flores em nossas vidas, as descobertas de tecnologias ao longo das décadas também trouxeram sequelas negativas ao ambiente em que estamos vivendo, como o uso indevido da mesma e a exploração descontrolada de recursos naturais.

A partir do momento que a Revolução Industrial sucedeu, novos processos de fabricação e industrialização foram trazidos e como resultado, novas tecnologias surgiram em nosso cotidiano atual. Entretanto, o que não contávamos eram os danos que nosso planeta sofreria das mais diversas formas, e que podemos destacar duas das principais: a poluição e esgotamento de recursos naturais.

Para compreensão desses efeitos ambientais e como eles podem afetar várias esferas das nossas vidas, abaixo você poderá conferir mais dados sobre eles:

  • Poluição do ar e da água

Neste primeiro ponto, devido a introdução na atmosfera de grandes quantidades prejudiciais de gases como dióxido de carbono, monóxido de carbono, dióxido de enxofre, óxido nítrico e metano, a poluição do ar tem evoluído em níveis assustadores, agravando a qualidade de vida.

E as principais fontes desses poluentes surgiram após a Revolução Industrial, com as fábricas, a agricultura excessiva e os veículos.

Tudo isso acaba trazendo diversos malefícios para a saúde de humanos e animais, contribuindo também com o aquecimento global, já que o aumento da quantidade de gases de efeito estufa no ar retém energia térmica da atmosfera terrestre e faz com que a temperatura global aumente.

  • Esgotamento dos recursos naturais

Em consequência da grande demanda, o consumo dos recursos naturais têm sido mais rápido do que a capacidade de reabastecimento natural dos mesmos. Portanto,  isso gera mais um aspecto negativo da tecnologia ao meio ambiente, gerando uma drástica preocupação porque há os recursos naturais renováveis e não renováveis e que poderão definir o nosso futuro e como nossa vida será prejudicada sem eles.

Alguns dos mais graves são:

Esgotamento de aquíferos

Desmatamento

Mineração de combustíveis fósseis e minerais

Contaminação de recursos

Erosão do solo

Consumo excessivo de recursos

O desmatamento também é um dos grandes motivos para a preocupação nacional e que tem acontecido nos últimos tempos de modo severo e agressivo. Segundo dados do Banco Mundial, a perda líquida da floresta global entre 1990 e 2015 foi de 1.3 milhão de km. Nos quais os prejuízos se dão pela agricultura em larga escala, a extração da madeira para combustíveis e da criação de espaços para novas áreas residenciais. Em que resulta na agressão de toda a fauna e flora local, tornando-se mais frágeis a extinção, além da derrubada das árvores que são as responsáveis em remover o dióxido de carbono da atmosfera.

Os dados tornam-se ainda mais preocupantes quando falamos sobre a Amazônia e seu desmatamento, já que de acordo com a plataforma Terra Brasilis, desenvolvida pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o mês de janeiro de 2022 teve a maior área com alertas de desmatamento na Amazônia Legal para o mês desde 2016. Foram 430,44 km² no mês deste ano – 419,3% mais do que os 82,88 km2 registrados no mesmo período em 2021.

“Mas afinal, a digitalização é mesmo o futuro da sustentabilidade?

Voltando realmente ao intuito de tudo que foi mencionado até este momento, a digitalização vem mudando muitas percepções e transformando a economia e a sociedade contemporânea, abrindo novos espaços para diferentes mecanismos e não ficando apenas apegados às ideias tradicionais de gestão. Hoje em dia as inúmeras pilhas de papéis podem ser substituídas pelo o processo de digitalização dos arquivos, sendo possível  organizá-los em softwares e plataformas adequadas para cada segmento, sem precisar se preocupar com a realização do descarte correto e, inclusive, sem prejudicar o meio ambiente.

Pensando nisso, muitos profissionais da área estão aderindo a esse meio, que além de ajudar com a organização, produtividade e economia financeira da empresa, pode contribuir com a sustentabilidade.

Mas você sabe realmente qual será o impacto da digitalização no futuro? Se analisarmos a situação, nós temos toda a tecnologia disponível ao nosso favor e que mediante a ela e a possibilidade de digitalizar documentos, podemos reduzir o consumo de papel e de outros acervos. Dados de uma pesquisa do jornal Gazeta do Povo indicam que são necessárias 12 árvores para produzir 1 tonelada de papéis.

Implementando a digitalização, sua empresa está ajudando a reduzir esse números estarrecedores de árvores comprometidas que servem como matérias-primas para a originação do papel, além da energia, água, produtos químicos também utilizados no processo de produção do mesmo, bem como a diminuição no gasto de combustível envolvido na logística e nas despesas de entrega. Além do mais, os novos jeitos de composição trabalhista, como a concretização em home-office, também incentivada pelo progresso de novas tecnologias, contribuem para a redução da demanda de energia nas empresas, da geração de resíduos e do consumo de água.

Através da digitalização de documentos, todos os documentos são armazenados em arquivos no seu computador, tablet, smartphone ou outro dispositivo eletrônico, podendo ser acessado a qualquer hora e em qualquer lugar que quiser apenas com um login e senha, deixando o acesso muito mais fácil e diminuindo os impactos ambientais ocasionados pela grande quantidade de papéis produzidos diariamente.

A Destaque está há mais de 20 anos no mercado de trabalho oferecendo as melhores soluções em gestão documental. Entre em contato conosco e oportunize excelência em administração organizacional para sua empresa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Name *